origem
Domingo, 4 de Outubro de 2009

Dia do Animal

Decidi aproveitar este dia dedicado aos animais para falar de um animal que se tornou muito importante para mim.

Há cerca de três meses, um colega de emprego veio ter comigo e com outra colega à hora do café e disse-nos que tinha passado a manhã toda a ouvir "um gato" a miar no pátio em frente à sala onde ele trabalha.

Fomos ver o que se passava e encontrámos "um gatinho" escondido atrás de uns tijolos, que miava imenso. Mas não conseguimos agarrá-lo, nem convencê-lo a sair. A hora de almoço estava próxima, por isso decidimos aproveitá-la para comprar comida e tigelas. Dirigimo-nos depois ao local onde "o gatinho" se escondera, deixámos lá as tigelas com água e comida e afastámo-nos, ficando a espreitar pela janela. Passado pouco tempo, lá apareceu "ele". Comeu tudo o que lá deixámos com uma rapidez vertiginosa e fugiu a correr.

Ficámos descansados. Se comeu e fugiu a correr, é porque estava bem de saúde. E pronto, a partir daí, passámos a alimentá-lo diariamente. Um dia ia eu, outro dia a minha colega e tivemos mesmo de pedir a uma terceira colega que nos ajudasse num período em que estivemos de férias ao mesmo tempo.

Entretanto e uma vez que "ele" se escondia sempre de nós e nunca sabíamos onde estava, decidimos dar-lhe o nome de Wally.

Com o tempo, "o"  Wally foi ganhando confiança e foi-se aproximando de nós. Esta é a foto que lhe consegui tirar com o telemóvel, por trás da janela, quando "ele" já não fugia de nós a "sete pés".

Mas o tempo foi passando e um dia descobri que o Wally, afinal, era uma Wally. Foi um dia antes de ir de férias. Quando regressei, a colega que tinha ficado a dar-lhe comida disse-me que desconfiava que ela estava grávida. Por um lado estranhámos, porque o local é de difícil acesso e nunca vimos por ali mais nenhum gato, mas por outro lado, ela estava gordinha e cada vez mais meiga. Decidimos então tentar apanhá-la, já que deixá-la ter os filhos ali estava fora de questão: é um local onde trabalham algumas pessoas que não gostam de animais e que já tinham tentado fechá-la num barracão, sabe-se lá com que intenção. Por isso os bebés não iriam sobreviver muito tempo.

Combinei então com a minha filha e munidas de um par de luvas de jardineiro, uma manta e uma transportadora, lá fomos tentar agarrá-la. A tarefa revelou-se bem mais fácil do que esperávamos e nesse mesmo dia a levámos à veterinária, que verificou que ela afinal não estava grávida. Assim sendo, lá ficou para ser esterilizada. Ao fim de três dias de pós-operatório, quando a fomos buscar e a trouxemos para casa, a minha mãe "apaixonou-se" por ela. Pediu logo que não a levássemos e até sugeriu que lhe mudássemos o nome, já que Wally é um nome masculino. E assim, também por sugestão da minha mãe, a gata ficou com o nome dela: Madalena.

Resta acrescentar que os meus três gatos residentes a aceitaram muito bem e que, neste momento, convivem os quatro pacificamente.

E agora regalem-se com a minha Madalena, já bem instalada na sua nova casa:

tags: ,
publicado por Greenie às 22:06

link do post | comentar | adicionar aos preferidos
|
17 comentários:
De João Rodrigues Ferreira a 6 de Outubro de 2009 às 23:14
A minha gata tem uma história parecida. Na escola, onde leccionava há cinco anos atrás, apareceu uma aluna, dentro da sala de aula, a dizer-me que tinha encontrado duas gatinhas. A aluna levou-me até ao recreio, e a um cantinho lá estavam as duas gatas, muito pequenas. Como eram muito pequenas, conseguimos apanhá-las facilmente. Ela escolheu uma, e eu escolhi outra, e assim as salvámos.
Já agora diz-me, a gata não se baralha com a troca de nomes?
De Greenie a 8 de Outubro de 2009 às 00:01
Há gatos com sorte, que aparecem no sítio certo à hora certa...
A Madalena não se baralhou, porque nunca chegámos a tratá-la por Wally . Ela só começou a aproximar-se de nós uns dias antes de a apanharmos. Só usávamos o nome quando falávamos dela, não com ela, por exemplo, quando uma de nós saía da sala e dizia: " vou lá abaixo dar comida ao Wally ".
De zoe a 23 de Outubro de 2009 às 23:20
só hoje aqui cheguei através da lupinha como eu lhe chamo, (a lupa de alguém) mas quem ama animais entra directamente para o meu coração. adoro estas histórias de animais resgatados da rua e agora a dormir no aconchego de um lar. e, a madalena é linda...
felicidades
De Greenie a 25 de Outubro de 2009 às 21:03
Olá, Zoe!
Muito obrigada pela visita e pelas palavras. Também eu tenho um cantinho especial no meu coração para quem ama e respeita os animais.
Volta sempre!
Beijinho.
De zoe a 26 de Outubro de 2009 às 21:32
viva grennie
só quem ama os animais consegue perceber esta ligação que há entre as pessoas que os amam.
abraço
zoe
De Greenie a 30 de Outubro de 2009 às 23:04
Nem mais!
De Luisa Moreira a 29 de Outubro de 2009 às 18:07
Olá, Madalena
És muito bonita e tiveste sorte em encontrar quem se apaixonasse por ti. Já tive uma Matilde e agora tenho uma Jamila

Beijinhos e muito miaus.........
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá, Madalena
És muito bonita e tiveste sorte em encontrar quem se apaixonasse por ti. Já tive uma Matilde e agora tenho uma Jamila <BR><BR>Beijinhos e muito miaus......... <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Luisa</A>
De Greenie a 30 de Outubro de 2009 às 23:06
A tua Jamila também é muito bonita! Um beijinho e volta sempre!
De José a 7 de Novembro de 2009 às 21:41
Eu só descobri que o meu Nico era uma Nica quando fui ao veterinário...

Bom fim de semana
De Greenie a 9 de Novembro de 2009 às 23:01
Boa, isso a mim nunca me aconteceu! Quando consigo vê-los de perto distingo bem o sexo deles. Mas pronto, ainda foste a tempo, lol!
Obrigada pela visita. Volta sempre!
De josé a 13 de Novembro de 2009 às 02:27
Ainda sou do tempo em que a missão dos gatos era caçar ratos. Agora vivem com todas as mordomias, tornaram-se preguiçosos. A minha Nica já está avisada para não se enrolar nos meus pés quando eu ando apressado...

Beijinho desta cidade do Lis
De Greenie a 14 de Novembro de 2009 às 21:06
Ui, conheço bem essa! Agora imagina o que é ter quatro gatos a enrolarem-se nos meus pés! Embora seja a Madalena quem faz isso mais vezes, talvez por ser a mais nova.
Infelizmente vivo num apartamento e não posso dar mais liberdade aos meus gatos, mas o meu sonho era mesmo deixá-los andar ao ar livre (dentro de um espaço delimitado, claro) precisamente para serem menos preguiçosos. Mas, por enquanto, não passa de um sonho e eles têm de se contentar com o que têm...
Beijinho aqui da capital (por incrível que pareça já passei duas vezes pela tua cidade, mas não pude parar para a apreciar, embora conheça bem a sua foz, mais propriamente a Praia da Vieira).
De José a 14 de Novembro de 2009 às 21:17
Viver com 4 gatos num apartamento não deve ser nada fácil. Eu só tenha uma gata e mesmo assim há pelos de gato por todo o lado.

A praia da Vieira continua a ser a minha praia de sempre. Mas também adoro, aqui mesmo ao lado, o Vale do Lapedo, onde foi descoberto o esqueleto do menino do Lapedo da época do Neandhertal.

Beijinho

José
De Greenie a 15 de Novembro de 2009 às 20:08
Sabes, eu deixei de me preocupar com os pêlos a partir do segundo gato, lol .
É verdade que há certos momentos em que é complicado, para além do facto de ter deixado de ter férias porque não tenho a quem deixar quatro gatos, mas eu gosto tanto de cada um deles (e são todos diferentes, não só fisicamente, mas também a nível de comportamento) que não me arrependo nem um segundo de os ter trazido para casa.
Não posso dizer que a praia da Vieira seja das minhas preferidas, até porque, sendo de Lisboa, na minha infância frequentei as praias da linha de Cascais, com águas bem mais calmas, mas o local é bem bonito e óptimo para descansar (se não falarmos das noites de Verão, claro).
Não conheço o Vale do Lapedo (embora já tenha ouvido falar, claro) mas fui ver fotos à net e parece ser um local bem agradável.
Beijinho,
Lena
De A-lupa-de-alguem a 13 de Novembro de 2009 às 16:15
Olá amiga. Olha estou a fazer um apelo que me pediram no meu blog, convidava-te a passares por lá e a copiares também o apelo. Beijinhos
De Greenie a 14 de Novembro de 2009 às 21:09
Vou já passar. Entretanto também já reencaminhei o mail que me enviaste. Beijinho.
De D. Leal a 21 de Março de 2010 às 22:48
Adoro gatos :)

Comentar post

.Esta sou eu...

.links

Partido pelos Animais e pela Natureza
bloguez.com

.arquivos

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007


widgeo

.pesquisar

 
free counters
Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Mocho Twitter

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
origem
blogs SAPO